Últimas

Pente-fino do INSS corta a metade dos benefícios



O pente-fino do INSS nos benefícios por incapacidade cortou metade dos auxílios-doença e das aposentadorias por invalidez desde que começou a ser feito, no segundo semestre de 2016.
Foram feitas 1,182 milhão de perícias, que resultaram no cancelamento de 651 mil benefícios — 55,07% do total.
Desse montante, 577,4 mil benefícios foram cortados após a perícia e 73,7 mil terminaram porque o segurado foi convocado, mas não compareceu ao exame.
Os dados são do Ministério do Desenvolvimento Social e apontam o balanço da revisão até o dia 15 de dezembro.
Segundo o ministério, 39,5 mil benefícios ainda precisam passar por perícia, dos quais quase 10 mil são de auxílio-doença e 30 mil, de aposentadoria por invalidez.
A revisão tem sido mais dura com quem recebe o auxílio-doença. Neste caso, de cada dez perícias, quase nove resultaram no fim do auxílio.
O INSS convocou 471,6 mil segurados para a revisão. Destes, 369 mil tiveram o auxílio cortado após a perícia e 45,7 mil perderam o pagamento porque não compareceram ao exame. Foram 414,8 mil cortes, ou 88% do total revisado.
Na aposentadoria por invalidez, o percentual de encerramento é menor, de 29%. Foram realizadas 710,8 mil perícias no período, com corte em 236,3 mil benefícios.

Folha de São Paulo


Nenhum comentário

Os comentários serão moderados antes de serem publicados.