Últimas

Edilázio Junior oficializa pedido de apuração de ação da SSP contra desembargadores



O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) protocolou nesta quinta-feira, 4, ofício direcionado ao ministro da Justiça, Sergio Moro, com pedido de apuração da denúncia feita pelo ex-superintendente de Investigações Criminais, delegado Thiago Bardal, de suposta espionagem da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) contra desembargadores do Tribunal de Justiça do Maranhão.

O caso foi revelado na semana passada e ganhou repercussão após a divulgação de um vídeo com parte do depoimento de Bardal à Justiça ter sido publicado na imprensa.

Novos trechos devem vir à tona ainda nesta semana.

"A declaração feita pelo Sr. Tiago Mattos Bardal [...], em ambiente judicial, importa em, grave violação ao estado Democrático de Direito por afrontar, violentamente, o princípio da separação dos poderes", destaca o parlamentar no pedido.

Depoimento

No depoimento à Justiça, Bardal afirmou que por determinação do secretário de Estado Segurança Pública, Jefferson Portela, quatro desembargadores seriam alvo de investigação: Guerreiro Júnior, Fróz Sobrinho, Nelma Sarney e Tyrone Silva. 

Portela negou a acusação em entrevista à Rádio Mirante AM, e disse jamais ter determinado qualquer tipo de espionagem a magistrados do Maranhão.



Nenhum comentário

Os comentários serão moderados antes de serem publicados.