Últimas

Aposentadoria de R$ 11,5 mil para senador petista cassado




A partir deste mês, o ex-senador do PT Delcídio Amaral passará a receber aposentadoria de R$ 11,5 mil do Senado Federal, após publicação de uma portaria da Casa. Amaral foi o primeiro senador preso na Operação Lava Jato e teve o mandato cassado em 2016. Atualmente filiado ao PTC, ele foi derrotado na disputa ao Senado em 2018. Mesmo assim, vai receber salário.

Delcídio, que era filiado ao PT e foi líder do governo no Senado na gestão de Dilma Rousseff, perdeu o mandato após acusações de que teria tentado obstruir as investigações da Operação Lava Jato. 

Ele negociou um acordo de delação em que acusou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de participar do esquema para comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. Tanto Delcídio quanto Lula foram absolvidos no caso.

Em 2017, o Ministério Público Federal pediu que o senador cassado perdesse os benefícios previstos na colaboração sob a justificativa de que ele teria mentido. O acordo, no entanto, continua vigente.



Nenhum comentário

Os comentários serão moderados antes de serem publicados.