Últimas

Bolsonaro diz que vai indicar ministro 'terrivelmente evangélico' para o STF


As vagas são em decorrencia das aposentadorias compulsórias, em razão de idade, dos ministros Celso de Mello (2020) e Marco Aurélio Mello (2021). 

Bolsonaro diz que vai indicar ministro 'terrivelmente evangélico' para o STF

O presidente Jair Bolsonaro que terá direito a indicar dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e que "um deles será terrivelmente evangélico".

A afirmativa do presidente faz referência a pastora e ministra Damares Alves, que por ser evangélica, disse que o estado é laico, mas que ela é terrivelmente cristã. Bolsonaro deu a declaração durante discurso durante culto evangélico na Câmara dos Deputados.


Em seguida, repetiu a promessa no plenário da Casa, durante sessão solene. O presidente já sinalizou que um dos nomes cotados para a vaga na Suprema Corte é o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. 



Nenhum comentário

Os comentários serão moderados antes de serem publicados.