Últimas

Demissões superaram contratações em maio, aponta pesquisa da indústria




O percentual de empresas que abriram vagas no mês de maio ficou em 13%, voltando a figurar abaixo das que demitiram, que apontaram índice de 18%. Assim, de acordo com os dados do Sindicato da Micro e Pequena Indústria de São Paulo (SIMPI), com mais vagas fechadas do que abertas, o Brasil volta a registrar um cenário de piora após meses de estabilidade.



Segundo o presidente do SIMPI, Joseph Couri, apesar do resultado ruim os industriais permanecem confiando no país. 

“Um outro cenário que também merece reflexão é que 64% das empresas acreditam que a crise será longa, e não curta. Além disso, nós temos a preocupação de que 78% das empresas que estavam otimistas, neste momento apenas 38% está otimista, mas nós acreditamos no Brasil”, disse.


Os empresários acreditam que um dos principais pilares para a retomada do crescimento robusto é a aprovação urgente da reforma da Previdência.

Nenhum comentário

Os comentários serão moderados antes de serem publicados.