Últimas

Um em cada 10 smartphones brasileiros está infectado por malware


O Brasil é um grande foco de infecções desse tipo nos smartphones por várias razões.



Um em cada dez smartphones brasileiros está infectado por um tipo de malware invisível. Ele vem de aplicativos baixados inocentemente pelos usuários e transforma o telefone numa espécie de zumbi digital, clicando sub-repticiamente em anúncios e serviços premium e ganhando dinheiro para os hackers que o criaram. O alerta é do diretor executivo da empresa britânica de cibersegurança Upstream, Guy Krief, segundo publicação do jornal O Globo.

Hoje há no Brasil 230 milhões de smartphones em uso, segundo dados da FGV-SP. E, segundo a Upstream,  quase 23 milhões desses aparelhos estão com esse tipo de malware instalado. Ele aponta que, entre os aplicativos que mais geram ou geraram as fraudes, estão softwares de origem chinesa.


— De todas as transações móveis fraudulentas que bloqueamos, com nossa plataforma Secure D, 80,75% vêm do Brasil.


O Brasil é um grande foco de infecções desse tipo nos smartphones por várias razões. Primeiro, os brasileiros baixam um monte de apps.  Segundo, a maioria dos antivírus não detecta esse tipo de malware. Alguns são invisíveis. Eles conseguem se esconder. E terceiro, o nível da coisa é tão profissional que já se tornou praticamente um mercado paralelo.

Sintomas 'quentes' no celular


Os principais sintomas de que o smartphone está infectado são, além da conta mais cara no fim do mês, a temperatura do aparelho (fica sempre quente) e a vida curta da bateria (que rapidamente se descarrega). Para se prevenir contra a contaminação é preciso, antes de baixar qualquer app, ver se o desenvolvedor é conhecido e verificado. E ir até a página do aplicativo  na web dar uma olhada nos reviews sobre ele.

Manter o sistema do celular atualizado, bem como usar antivírus no aparelho, é essencial, embora nem todos os programas de segurança detectem esse tipo de fraude, que ocorre "por baixo dos panos".




Nenhum comentário

Os comentários serão moderados antes de serem publicados.